Sobre o Sistema

Taxas cobradas pelo Sistema

O pagamento da multa pelo atraso na devolução de material bibliográfico, na maioria das unidades do Sistema de Bibliotecas da UFMG, será efetuado por meio de depósito bancário no Banco do Brasil, via Guia de Recolhimento da União (GRU).

Algumas bibliotecas fornecem a GRU impressa no balcão de empréstimo. Em outras, o próprio usuário deve gerar a GRU.

OBSERVAÇÃO: Algumas bibliotecas recebem por meio de transferência para a Conta Única do Tesouro e outras, em espécie, como as Bibliotecas do Coltec e do Centro Pedagógico.

Instruções para gerar GRU:

Acesse o site: https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp

Unidade Gestora: na sua biblioteca, procure saber o código numérico de registro da Unidade Gestora

Gestão: 15229 – Universidade Federal de Minas Gerais

Código de recolhimento: varia de biblioteca para biblioteca

Clique em Avançar e preencha com seus dados.

Clique aqui para acessar a Portaria 044/2013, que estabelece os novos valores de multas. 

Informações Importantes

Os valores referentes às taxas de serviços e multas decorrentes de atraso na devolução de material emprestado serão especificados em deliberações do Conselho Diretor da Biblioteca Universitária e submetidos à Administração Central conforme o disposto na Resolução 14/96 do Conselho Universitário da UFMG.

 

Os custos dos serviços prestados por redes conveniadas e firmas prestadoras de serviço serão repassados aos usuários conforme valores cobrados por essas instituições e/ou empresas. (Ex.: serviços de comutação bibliográfica, gravações, etc.).

 

O usuário que não devolver o material emprestado na data determinada deverá pagar a multa estipulada, que incide sobre dias corridos incluindo sábados, domingos e feriados, e números de obras em atraso.

 

Para as obras passíveis de empréstimo especial na instituição a multa será de 1 (um) real por obhora de atraso

 

O usuário que estiver com a situação irregular na biblioteca não poderá utilizar nenhum dos serviços de circulação.

 

O aluno em débito com o Sistema de Bibliotecas não poderá obter certificado de conclusão, nem solicitar a transferência.

 

Os técnicos administrativos e docentes em débito com o Sistema de Bibliotecas estarão sujeitos as penalidades disciplinares definidas em lei.

 

Ao grupo de usuários contratados pela UFMG, em débito com o Sistema de Bibliotecas, não será permitido findar o contrato sem a apresentação do “nada consta”, o qual será submetido ao Conselho Diretor da BU para que a DRH incorpore este item à sua rotina.

 

Para obras em atraso, o Sistema bloqueará o usuário automaticamente, não permitindo efetuar qualquer operação, exceto devolução.

 

{backbutton}

 

Joomla templates by a4joomla